Ary e Konde valorizam promoção do festival «Festi Ndala»

Ndalatando – Os músicos Ary e Konde enalteceram hoje, em Ndalatando, a iniciativa do governo da província do Kwanza Norte em promover a segunda edição do festival músico-cultural denominado “Festi Ndala”, por representar uma das principais vias destinadas à valorização e promoção da música nacional.
 
Em declarações à Angop, os músicos Ary e Konde mostrarem-se satisfeitos com a adesão do público ao espectáculo, que consideraram ser uma oportunidade para os artistas nacionais mostrarem o que sabem fazer e interagirem com os fãs.
 
Para o músico Konde, cantar para um público que apoia os artistas do princípio ao fim e com conhecimento das canções motiva os fazedores de músicas a comporem melhor os temas, sempre primando pela qualidade.
 
“Este momento ficará sempre marcado na minha vida. Vou colocar o Festi Ndala na minha agenda e sempre que for convidado estarei aqui, porque é sempre bom estar com um público como este que nos acarinha do princípio ao fim”, referiu.
 
Por seu turno, Ary disse que o facto da província do Kwanza Norte estar localizada próximo de Luanda (capital do país) e com as estradas em melhores condições vai estimular os artistas.
 
O festival de música decorrido na terça-feira por ocasião dos 57 anos das festas da ascensão de Ndalatando (ex-vila Salazar) à categoria de cidade contou ainda com a participação dos irmãos Almeida, Leo, Própria Lixa, Puto Lilas, W-King, Rey Loy e a Banda Versáteis.
 
O evento, decorrido no bairro da Kipata, periferia de Ndalatando, e assistido por mais de três mil espectadores, contou também com as actuações de Justino Handanga, Disbunda, Kota Kuri, Lima do Sweg, Mauro Alemão, Dada 2, Billy B, Samara, Brunança, Elizeth Vasco, para além de bailarinos e artistas locais.
 
O evento que acontece desde 2012 por ocasião das festas da cidade de Ndalatando constitui uma iniciativa encontrada pelo governo da província do Kwanza Norte para melhor comemoração das festividades da capital da província.
 
A cidade de Ndalatando (capital do Kwanza Norte) comemorou na terça-feira o 57º aniversário da sua ascensão à categoria de cidade, ocorrida a 28 de Maio de 1956, através do Diploma Legislativo 2.757, primeira série, número 21, do Boletim Oficial do então governo português em Angola, segundo dados da Administração Municipal de Cazengo, município sede da província do Kwanza Norte.
 
 
Fonte: Angop

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo