Anselmo Ralph: «Já fui vítima de Bullying e racismo»

Anselmo Ralph fez revelações surpreendentes e exclusivas durante a sua entrevista no programa “Alta Definição”da SIC, abordando factos que marcaram a sua adolescência, carreira musical e vida de imigrante nos E.U.A  e Espanha.

 

Anselmo Ralph: «Já fui vítima de Bullying e racismo»

 

O momento mais marcante da entrevista e que deixou Anselmo quase em lágrimas foi quando revelou que durante vários anos da sua infância e adolescência, tivera sofrido de Bullying devido ao seu problema de visão.

 

O músico recorda que os graves problemas de visão obrigavam-no a andar com a cabeça ligeiramente inclinada para cima, para conseguir ver, motivo que levava crianças e até adultos a dirigirem-lhe palavras insultuosas e em muitos casos passando mesmo para a agressão física – Revelou.

 

A pressão era tal, que o músico evitava fazer o mesmo percurso quando saía da escola para casa e vice-versa. Quando questionado se as pessoas que lhe fizeram tais coisas haviam pedido desculpas, o músico afirmou que não, mas que não guarda mágoas, pois, é uma pessoa de paz.

 

Anselmo chegou a desabafar que é graças à Cristo e suas crenças que está aqui hoje, pois, quando tinha mais ou menos os seus 20 anos, chegou a pensar em tirar a sua vida, porque estava cansado de tanta pressão – Contou o músico.

 

A sua vida em Espanha e nos Estados Unidos também mereceu destaque na entrevista

 

Antes da fama e quando viveu em Madrid e Nova Iorque, Anselmo Ralph revelou que por diversas vezes foi vítima de racismo, principalmente de pessoas de mais idade (sentava-se ao lado de pessoas de raça branca e elas iam sentar-se noutro lugar).

 

O músico afirmou que chegou a adoptar o mesmo comportamento para com pessoas de raça branca, mas que logo de seguida percebeu que era uma atitude estúpida em sem sentido.

 

Para Anselmo, o racismo é fruto da ignorância, movida pela falta de convivência com pessoas diferentes.

 

Quando esteve nestes países, Anselmo Ralph revelou ter trabalhado em várias áreas para sobreviver e pagar os estudos, desde lavar pratos e até conduzir sem carta de condução.

 

O seu primeiro disco foi lançado com o apoio da sua mãe

 

Anselmo Ralph revelou que foi graças ao empréstimo de 40 mil dólares feito pela sua mãe, dinheiro este, que sua mãe havia juntado para fazer uma cirurgia na África do Sul, que conseguiu lançar o seu primeiro disco.

 

A mãe pediu-lhe para não revelar nada sobre o empréstimo à família e que ela iria fazer a cirurgia mais tarde, logo que Anselmo conseguisse juntar o dinheiro, e assim aconteceu.

 

O músico fez várias cirurgias para corrigir os seus problemas de visão

 

Anselmo Ralph contou que já foi submetido à várias cirurgias para corrigir os seus problemas de visão (falta de força nas pálpebras e sensibilidade a luz – razões que o obrigam a usar óculos escuros).

 

O músico afirmou que apesar do seu problema de visão ser neste momento estável, segue uma medicação e faz exames médicos para controlar a evolução da doença.

 

Fonte: Jet7 Angola

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo