Amy Winehouse foi encontrada morta no seu apartamento

 A cantora britânica Amy Winehouse foi esta tarde encontrada morta no seu apartamento em Londres. A polícia foi chamada ao local por volta das 16 horas pelos serviços médicos de Londres, que se encontravam no apartamento da cantora em Camden, no norte da capital britânica.

  

As causas da morte de Amy Winehouse, de 27 anos, ainda estão a ser investigadas pelas autoridades.

Os representantes de Amy Winehouse tinham cancelado todos os concertos da sua digressão europeia, incluindo uma actuação no Festival Sudoeste em Agosto, alegando “problemas de saúde”.

Várias vezes, a cantora que em 2006 chegou aos tops internacionais com o premiado álbum “Back to Black” esteve internada em clínicas de reabilitação e desiludiu os fãs por causa de más prestações em palco devido a excesso de álcool e problemas associados a drogas.

 

O cancelamento da digressão foi decidido depois de um concerto, em Junho, em Belgrado, onde deixou cair várias vezes o microfone em palco e onde acabaria por desaparecer do palco, não se lembrando das letras das suas músicas.

A projecção que Amy Winehouse ganhou quando lançou o seu primeiro álbum, “Frank”, de 2003, e os elogios que recebeu da crítica – que a comparou às vozes de Sarah Vaughan ou Macy Gray – viria a revelar-se um círculo de decadência a partir de 2006.

Desde “Back to Black”, colaborou apenas com alguns artistas e o álbum que começou a ser produzido em 2008 não chegou sequer a ficar concluído.

A última vez que Amy Winehouse apareceu em público foi na quarta-feira, no Roundhouse, em Londres, onde apareceu em palco ao lado de Dionne Bromfield.

 

Fonte: Público

 

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo