Afirmações de Tchizé dos Santos na Lux Angola foram manipuladas

Lux Angola desmente partes das afirmações atribuídas à Tchizé dos Santos

A revista Lux Angola desmentiu algumas afirmações atribuídas à Tchizé Dos Santos na sua última edição e diz que a sua publicação foi vítima de manipulação e montagem de imagem, lesando a deputada Tchizé Dos Santos.

A polémica afirmação "Sempre fui a menina que vendia na rua" atribuída propositadamente à Tchizé Dos Santos, pertence na verdade à Vina Criolo que também foi entrevistada na respectiva edição.

A mesma nota refere ainda, que a revista pretende accionar os mecanismos legais para punir os autores desta manipulação, que foi posta a circular na internet.

"Face a informações falsas, deturpadas e fraudulentas, postas a circular na internet, com o uso de manipulação e montagem de imagens atribuídas à revista LUX, vimos manifestar o nosso total repúdio e indignação pela reprodução dessas informações e imagens, lesivas da senhora deputada Tchizé dos Santos. Vamos pois accionar todos os meios e mecanismos legais ao nosso alcance para assegurar que os autores desta campanha difamatória sejam responsabilizados em sede própria, não desistindo até que seja feita justiça", fim de nota.

A revista apenas reconhece a veracidade do texto em que a empresária afirma que ser neta de uma kitandeira moldou o seu espírito de iniciativa.

Fonte: Jet7 Angola / Lux Angola

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo