Actor Sílvio Nascimento defende maior valorização do programa STOP SIDA

Actor Sílvio Nascimento defende maior valorização do programa STOP SIDA

 

O actor angolano “Sílvio Nascimento”, participante do programa STOP SIDA, emitido pela TPA e também um dos actores de destaque no filme angolano “Njinga – Rainha de Angola”, manifestou o seu desagrado em relação à falta de valorização do programa STOP SIDA, através de um comunicado enviado ao Jet7 Angola.

 

Sílvio Nascimento considera que o programa STOP SIDA deveria passar num horário mais adequado (horário de maior audiência), para que um maior número de pessoas tire proveito das mensagens transmitidas:

 

“Atenção para uma situação grave: Só em 2012 numa unidade hospitalar de controlo de doenças infecciosas estavam registados 21.000 (vinte e um Mil) casos controlados pela equipa médica e o número tem disparado em flecha a cada mês.

 

O STOP SIDA é um programa televisivo extremamente importante para a reeducação sexual da sociedade em geral e deve ser passado para um período em que a maior parte da população veja e aprenda sobre os perigos e meios de evitar ou conviver com a doença, diminuindo assim as possibilidades de crescimento do número de vítimas em ANGOLA." – Desabafou Sílvio.

 

O actor continuou o seu desabafo, afirmando que existem vários programas ao fim-de-semana, que dizem pouco ou nada, e sugere que se aposte mais em programas educativos, como o caso do STOP SIDA:

 

“Há tantos programas aos fins de semana que não nos dizem muito ou quase nada, o domingo então, é um dia quase nulo de programação necessária ao cidadão.

 

Porquê não passar duas ou mais vezes um programa educativo? O que falta para se fazer alguma coisa pela Juventude, que esta é a classe mais vulnerável? Até onde é que se pretende dar um STOP SIDA em Angola???

 

Talvez esteja eu muito enganado, mas muito enganado mesmo, julgando que alguém se preocupa com isso, com o futuro dos meus, dos seus e dos Nossos.

 

Sendo assim, talvez devesse dizer o que TODOS hoje dizem: "MAIS CHÁ PARA O MEU AÇÚCAR PORQUE ISSO NÃO É DA MINHA CONTA." Mas é sim da minha, da sua, e da nossa.

 

Só espero que um dia alguém leia estas linhas e pense no que penso sobre o valor humano que se deita no lixo a cada dia que não fazemos nada para alterar esta situação... E já Agora, em plena Sexta Feira, Talvez "pela idade" devia estar a dizer VIVA O DIA DO HOMEM, mas a única coisa que me interessa hoje, amanhã e sempre, é que VIVA O HOMEM!!!” – Finalizou Sílvio.

 

Fonte: Jet7 Angola

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo