A triste figura de Lesliana Pereira no programa do Jô

Brasil - A miss Angola 2008, Lesliana Pereira, é citada pela comunidade angolana no Brasil como tento passado  “vergonha” no Programa do Jô, na TV Globo. Tudo aconteceu no dia 17 de Março do presente ano, ao longo de uma entrevista, no programa apresentado por Jô Soares, apresentador brasileiro de TV.



Lesliana predispôs-se a comentar sobre vários assuntos, sem o mínimo escrúpulo de admitir que vários deles estivessem muito além dos seus conhecimentos, impingindo-a a cometer vários erros inadmissíveis, face à projeção internacional duma das mulheres que recentemente foi tida como a mais lindas de Angola.

 

Ao serem questionadas se falassem uma das línguas nacionais de Angola, a actual apresentadora do programa Revista África tomou a palavra e respondeu, admitindo que não. Tudo ficou feio quando Jô, apresentador do programa com o mesmo nome retomou a palavra, pedindo para que cantassem uma das músicas, num dos estilos mais popular de Angola. Leila Lopes, actual miss Angola, tentou cantar a música “Muxima”, compositada pelo renomado Carlos Aniceto Vieira Dias, um dos elementos do então grupo Ngola Ritmos e pioneiro angolano, no entendimento da arte de tocar a guitarra.

 


Como o refrão  põe em destaque a palavra que dá o título à música, Jó procurou saber de suas convidadas o sinônimo desta palavra, que por sinal faz parte da segunda língua com mais falantes em Angola, depois da língua Umbundu. Lesliana tomou a palavra e respondeu:  ““Muxima” significa nossa senhora.” À primeira vista parece não ser verdade, mas foi o que Lesliana disse, ao lado da actual mulher mais linda de Angola e duma vasta platéia do programa que com o do apresentador angolano, Pedro Nzanji, não faz grande diferença.

 

Ao entrevistar um dos vendedores ambulantes, Jô disponibilizou-se a oferecer dois sorvetes às suas convidadas, quando o apresentador viu a sua boa vontade rejeitada pela também apresentadora de TV, que depois de ver Leila a receber, também estendeu a mão para saborear o que já negara, pondo desta forma de parte as regras de etiqueta.

 

Vários angolanos residentes na República Federativa do Brasil mostraram-se indignados pela má representação de Lesliana Pereira, em detrimento de Leila Lopes, que a bônus da verdade diga-se, esteve muito bem e na maior das tranqüilidades como que as câmaras e as luzes fossem o seu dia-a-dia.     

 

 

Fonte: AB

 

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo