50 Cent quer ser como Michael Jackson depois de morrer

Em um texto confessional no The Bands Blog do semanário britânico "NME", 50 Cent abriu seu coração e falou sobre trabalho, seus hábitos de leitura e até sobre sua fama de mau. Guardando as devidas proporções, o rapper chegou a dizer que ser lembrado como Michael Jackson, "mas sem a parte de molestar crianças". "Eu quero ser lembrado pela maneira com que diverti as pessoas. Elas vão gostar mais de mim quando eu morrer do que gostam agora.

 

É como Michael Jackson, mas sem a parte de molestar crianças", disse. Mas o que parecia ser um ataque de imodéstia, foi remediado logo em seguida. "Eu não alcancei o mesmo sucesso que Michael Jackson alcançou ainda em vida, então não posso esperar a mesma coisa quando eu morrer. Mas, como a maioria dos artistas, quero respeito", afirmou.

 

Irritado, 50 Cent disse que a fama de mau vive criando situações embaraçosas. "Eu já conheci pessoas que disseram: 'ele é um bom garoto'. O que elas esperavam que eu fizesse? Atirar nelas? Ok, eles conhecem as músicas e ouviram falar de mim, mas o que acontece com músicos é que eles se tornam seus hits, se transformam em seus discos", reclamou.

 

Contrariando as expectativas de uma vida de "pimp" (como são chamados os bon vivants americanos) Curtis James Jackson III - como foi batizado - contou que a leitura tem sido seu principal passatempo durante a turnê. "Revistas são legais, mas ainda não encontrei uma que me entretenha do aeroporto em Nova York até Los Angeles". 

 

Fonte: Globo

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo